Curiosidades

Como ocorre a fertilização in vitro (bebê de proveta)?

Como ocorre a fertilização in vitro (bebê de proveta)?
Esse texto foi útil para você?

“Tenho vontade de engravidar, mas não consigo. Queria saber como é o procedimento de fertilização ‘in vitro‘. E quanto custa.” (Luíza Torres)

Fertilização in vitro (popularmente conhecido como o bebê de proveta) é um processo de inseminação artificial utilizado por casais que querem engravidar e não conseguem. Nele são retirado óvulos do corpo da mulher, que serão fertilizados externamente com o sêmen do homem. Posteriormente os embriões resultantes são transferidos de volta para o útero de dois a seis dias depois da fertilização.


O processo todo é composto de 5 passos principais. São eles:

1- Monitoramento e estimulação do desenvolvimento de óvulos saudáveis nos ovários, onde medicações para fertilidade são prescritas para controlar o momento do amadurecimento do óvulo e aumentar a chance da coleta de múltiplos óvulos durante um dos ciclos femininos.

2- Obtenção dos óvulos, onde os óvulos são obtidos através de um pequeno procedimento cirúrgico minimamente invasivo no qual a imagem do ultrassom é usada para guiar uma agulha coletora através da cavidade pélvica. É dada uma anestesia local para evitar desconforto, e a duração é de 20 a 30 minutos.

3- Obtenção dos espermatozoides, onde o homem doará uma amostra de esperma para a fertilização.

4- Fertilização e crescimento precoce do embrião, onde o esperma e os óvulos são colocados em incubadoras localizadas no laboratório que possibilitam a ocorrência da fertilização. Os óvulos são monitorados para que se confirme que a fertilização e a divisão celular estão ocorrendo. Após isso os óvulos são considerados embriões.

FIV-Classica

Os oócitos retirados são preparados para a fertilização com os espermatozoides (cerca de 25 a 100 espermatozóides para cada óvulo) na mesma placa de meio de cultura, o que permite que apenas um espermatozoide penetre no oócito. Foto: Reprodução/bebedeproveta

5- Transferência do embrião para o útero, onde um número pré-determinado de embriões estão suspensos em um fluido e são gentilmente colocados através de um cateter no útero, guiados por um ultrassom.

Duas semanas após a transferência do embrião, um teste sanguíneo ou um ultrassom irão comprovar se o procedimento deu certo. Todos os passos são feitos por profissionais especializados e são indolores, apesar de algumas mulheres apresentarem leves cólicas, e devem ser feitos com muita cautela.

desenv_embrionario

Esta é a sequência da segmentação de um ouriço do mar. No entanto, é a mesma de todos os mamíferos e portanto, dos seres humanos.[A] mostra o óvulo antes de ser fecundando pelo espermatozoide; [B] representa o óvulo que acabou de ser fertilizado; [C] percebe-se o início do desenvolvimento do embrião; [D ]representa um embrião 24 horas após a fertilização (estágio de 2 células); [ E e F] representam o embrião 48 horas após a fertilização (estágio de 4 células); [G] representa o embrião 72 horas após a fertilização (estágio de 8 células); [H] representa o embrião já compactado, no estado chamado de mórula; [ I] representa o embrião no quinto dia de desenvolvimento (blastocisto). Foto: Reprodução/vivita

O procedimento tem um preço bem salgado que varia de 13 a 20 mil reais por tentativa. Porém alguns institutos e universidades com hospitais vinculados, podem oferecer o tratamento com isenção total do pagamento ou com preços abaixo do mercado. Nesses casos as filas de espera são grandes, e a prioridade é dada para mulheres que já estejam na faixa de 35 anos. Além disso novos técnicas para a utilização in vitro estão sendo estudadas, chegando a reduzir em 90% o valor gasto com o material necessário. É esperado para o bem de todos que desejam uma gravidez que ela chegue logo ao mercado.

vejabril

Etapas da Fertilização in vitro. Foto: Reprodução/vejaabril

Fontes: fertilidade & mulher.uol


Novidades

Topo