Animais

Cardume de peixes pescado no Japão poderia indicar mais uma catástrofe natural?

Cardume de peixes pescado no Japão poderia indicar mais uma catástrofe natural?
Esse texto foi útil para você?

Pescadores japoneses encontraram em suas redes superficiais cerca de 100 peixes do gênero Photonectes, pertencente à família Stomiidae. Estes peixes, normalmente são encontrados em profundidades de 1000 metros onde não existe muita luz penetrante e a pressão pode variar de 200 a 600 atm com temperaturas em torno de -4 graus celsius.

Estes peixes são totalmente adaptados à vida nas profundezas e, segundo informações, raramente são encontrados a 70 metros, onde os pescadores japoneses tinham suas redes. De todos os Photonectes pescados apenas um estava vivo, o que deixou os especialistas bastante intrigados. O que poderia estar acontecendo? Os pescadores garantem que em 40 anos de pescarias diárias estes peixes nunca foram encontrados naquela região, o que tem preocupado os oceanógrafos especialistas em ambientes profundos.


Segundo os pesquisadores, é possível que o surgimento destes peixes na superfície indique que alguma catástrofe possa estar acontecendo nas profundezas, como uma erupção vulcânica ou um terremoto. O que os especialistas temem é que estes fenômenos já estejam acontecendo em pequenas proporções nas profundezas indicando que algo maior possa acontecer em breve. Um Tsunami é o que mais preocupa!

No mesmo dia, pescadores conseguiram tirar do mar 46 toneladas de uma espécies rara de baiacu (“mafugu“) que normalmente não ultrapassa os 200 quilos. Os pesquisadores estão monitorando a área na esperança de desvendar o mistério.

Mesmo com tantas informações indicando que esta tragédia possa estar por vir, devemos atentar para que os Photonectes vivem a 1000 metros de profundidade e por isso, podem ser considerados mesopelágicos. Os peixes mesopelágicos tem o comportamento de viver a grandes profundidades durante o dia e migrarem para águas superficiais a noite. Assim, esta pescaria diferente pode não indicar problemas no fundo do mar, mas é bom ficar de olho.

Atualização em 5/05/2014: De acordo com o site do G1 um forte terremoto atingiu o Japão nesta manhã (5/05/2014). O epicentro do tremor de seis graus de magnitude foi ao sul de Tóquio. As câmeras de vigilância da capital japonesa registraram o momento em que a terra tremeu. Ao todo, 17 pessoas ficaram feridas.

fish_1

lif14042118320018-p1

Fonte: Dramafever e Climatologia Geográfica


Novidades

Topo