Verdadeiros homens-bomba: formigas que explodem diante do perigo

No mundo dos insetos pode-se esperar de tudo. As formigas que normalmente conhecemos são capazes de unir forças e encarar o perigo com uma boa guerra de mordidas com suas poderosas mandíbulas. Mas as formigas-soldado da espécie Camponotus saundersi são diferentes. Elas são capazes de se tornarem formigas-bombas para proteger suas colônias.

Conhecidas como “formigas-kamikaze”, “formigas-bomba” ou “formigas-explosivas-da-Malásia”, estes pequenos insetos possuem um conjunto especial de músculos localizados acima de suas mandíbulas que se estendem por quase todo o comprimento do corpo e estão ligados a glândulas cheias de substâncias corrrosivas. Ao sinal de uma situação realmente perigosa para o formigueiro ou que coloque em risco a integridade da sua rainha, a alternativa é usar o que elas têm de mais poderoso. Violentamente, elas contraem esta musculatura com tanta força que causa um rompimento das bolsas corrosivas, causando uma explosão ácida, geralmente tóxica para o inimigo.

O ato é sua última estratégia de defesa, pois a explosão arrebenta também seus órgãos internos, o que faz com que esta seja a última batalha de suas vidas. Por isso, antes de acionar a bomba elas resistem numa luta fervorosa, e só explodem quando percebem que vão perder a batalha!

formigas_bomba
As “formigas-kamikaze” possuem um conjunto especial de músculos localizados acima de suas mandíbulas que se estendem por quase todo o comprimento do corpo e estão ligados a glândulas cheias de substâncias corrrosivas.

FONTE: Wilf Facts e ListVerse