Animais

Por que andamos sobre duas pernas?

“Somos animais, mamíferos, mas somos os únicos bípedes. Gostaria de saber por que os seres humanos resolveram deixar de ser quadrúpedes.” Dayane Alves

Dayane, na verdade os seres humanos não são os únicos mamíferos bípedes. Os cangurus também se mantêm eretos e, embora pulando, locomovem-se na posição vertical utilizando apenas as duas patas traseiras e o rabo para assumirem a posição bípede. Mas as razões pelas quais humanos e cangurus assumiram essa posição é bem diferente.

De acordo com as anotações de Charles Darwin, se tornar bípede foi uma adaptação que veio conforme a necessidade de ter as patas dianteiras (mãos) livres para criar e manusear ferramentas, uma das razões para que a evolução acelerasse. Mas hoje em dia essa tese já não é aceita, pois se acredita que os hominídeos se tornaram bípedes há mais de 4 milhões de anos, enquanto as ferramentas mais antigas de que se tem registro não passam de 2,6 milhões.

Assim, ainda não se sabe ao certo as razões pela qual o homem passou a se sustentar sobre duas pernas. Alguns pesquisadores acreditam que manter a postura ereta tornavam os seres humanos mais altos, e consequentemente com mais facilidade para avistar comida e predadores. Outros acreditam que ser bípedes nos fez mais rápidos e hábeis, melhorando nossa capacidade de adaptação aos diversos ambientes, ampliando o território por onde podíamos nos expandir e instalar. Na verdade é bem possível que a evolução para a posição bípede pode ser um resultado de várias necessidades inclusive por intuito biológico de deixar as mãos livres para a confecção de ferramentas, conforme sugeria Darwin.

Todos estes “mistérios evolutivos” ainda estão sendo incansavelmente estudados e como já foi dito podem existir várias razões para que nós tenhamos deixado de ser quadrúpedes. Lógico que a seleção natural cuidou para que aqueles que adquiriram a posição bípede levavam vantagem. Podiam brigar melhor, economizar energia ao se movimentar, caçar com maior sucesso, fugir dos predadores com mais eficácia, etc.

  Acredita-se que o bipedalismo tenha começado em árvores ou outros ambientes em que os quadrúpedes precisam de maior habilidade de locomoção.

Fonte: HypeScience

 

 

Comentários

As mais lidas

Topo