O que acontece no corpo durante uma ressaca.

“Por que a bebida alcoólica dá ressaca na gente?” Dri Monteiro

“Professora, por que temos ressaca quando ingerimos bebidas alcoololicas? Parabéns pelo sucesso do site e da página do Facebook.” Leonardo Felipe

Dri e Léo, quando ingerimos álcool, ele se espalha pelo corpo através da corrente sanguínea resultando em uma desordem total no organismo. O resultado é dor de cabeça, tremedeira, boca seca, vômito, moleza no corpo, diarreia e tantos outros sintomas que podem variar de pessoa para pessoa.

A DIARREIA acontece porque quando nossas células do intestino delgado absorvem o álcool elas não permitem a absorção de água. Nossas fezes ficam diluídas, pois a água passa direto do pelo intestino e geralmente causa DESIDRATAÇÃO com a perda de líquido. A bebida também tem o efeito diurético e dá muita vontade de fazer xixi, o que também contribui para uma desidratação acentuada.

O cerebelo é a região do cérebro responsável pela coordenação motora, e o álcool costuma atingir em cheio essa região desregulando suas funções. O resultado é a famosa TREMEDEIRA que também gera desequilíbrio e tonturas. A bebida também excita nossos neurotransmissores no sistema límbico, dando sensação prazer. Mas no dia seguinte, o cérebro sente falta do álcool e acentua reações emocionais e provoca ANSIEDADE e DEPRESSÃO, o famoso “nunca mais vou beber na minha vida…”.

Enquanto estamos bebendo, nossos neurotransmissores que captam estímulos como luminosidade e sons são inibidos pelo álcool. Mas quando o efeito passa, eles ficam superestimulados e qualquer barulhinho ou luz causam reações exageradas e as pupilas ficam dilatadas e não regulam a entrada de luz, causando aquela sensação de FAROL ALTO na visão. O estômago também é superestimulado por causa da produção exagerada de suco gástrico que acaba irritando a parede do estômago e não dá outra: o VÔMITO!

Remedios-para-curar-e-evitar-a-ressaca

Enquanto estamos bebendo, nossos neurotransmissores que captam estímulos como luminosidade e sons são inibidos pelo álcool. Foto: Reprodução/dicas

Com a desidratação o sangue fica mais grosso, e a pressão aumenta para bombear o sangue. As artérias dobram de espessura e causam a DOR DE CABEÇA comum da ressaca. Durante a bebedeira o álcool inibe a produção de glutamina que é um estimulante natural e no dia seguinte, o corpo produz muita glutamina para compensar. Isso agita o cérebro e impede que o sono seja profundo e reparador dando aquela indefinida MOLEZA NO CORPO.

Embora não seja aconselhável beber de estômago vazio, nada comprova que “forrar” o estômago diminui a absorção de álcool ou evita a ressaca. Também não adianta provocar o vômito porque quando o estômago está irritado o álcool já está circulando na nossa corrente sanguínea.

O resultado é dor de cabeça, tremedeira, boca seca, vômito, moleza no corpo, diarreia e tantos outros sintomas que podem variar de pessoa para pessoa.

FONTE: Mundo Estranho e About.com