Curiosidades

Elas não são nada monstruosas: as 6 mais conhecidas – e lindas – espécies plantas carnívoras

Elas não são nada monstruosas: as 6 mais conhecidas – e lindas – espécies plantas carnívoras
Esse texto foi útil para você?

O termo “plantas carnívoras” pode ser empregado para plantas que capturam insetos. Todo mundo tem a ideia de que as plantas carnívoras são insetívoras, isto é, se alimentam apenas de insetos. Só que, o seu cardápio pode ser bem variado, incluindo desde organismos aquáticos microscópicos, moluscos (lesmas e caramujos), artrópodes em geral (insetos, aranhas, centopeias  gongolos), e ocasionalmente pequenos vertebrados, como sapos, lagartixas, pássaros e roedores.

Na verdade acredita-se que os pequenos vertebrados capturados são presas acidentais que tentam pegar os insetos já capturados pela planta e os mais debilitados acabam ficando presos nas armadilhas dos vegetais.




Nephentes rajah

Nephentes rajah são as maiores carnívoras de que se tem notícia, são trepadeiras que dificilmente chegam a meio metro de altura e costumam capturar apenas insetos. Elas são típicas das úmidas florestas da ilha de Bornéu, na Ásia, e se alimentam por meio de um jarro pendurado na extremidade de suas folhas.



Nephentes rajah são as maiores carnívoras de que se tem notícia

Drosophyllum lusitanicum

Certas carnívoras são bem gulosas: as Drosophyllum lusitanicum conseguem grudar em seus pelos vários insetos de uma só vez. É uma planta carnívora endêmica de Portugal, Espanha e norte de Marrocos. É a única espécie pertencente à família Drosophyllaceae.



As Drosophyllum lusitanicum conseguem grudar em seus pelos vários insetos de uma só vez.

Utricularia

Existem algumas espécies de plantas carnívoras aquáticas ou semi-aquáticas. As utriculárias aquáticas são semelhantes a uma massa de filamentosa que pode atingir vários metros de profundidade, e capturam de uma única vez, uma grande quantidade de micro crustáceos. Na imagem temos uma Utricularia vulgaris.

As utriculárias aquáticas são semelhantes a uma massa de filamentosa que pode atingir vários metros de profundidade, e capturam de uma única vez, uma grande quantidade de micro crustáceos. Foto: reprodução/crdp

 Dionaea muscipula

Dionaea muscipula também conhecida como “papa-mosca” abocanha insetos distraídos em apenas três décimos de segundo, um recorde. É uma das pouquíssimas espécies de plantas capazes de realizar movimentos. É uma planta bem pequena, com no máximo 10 cm de altura. Suas folhas são muito particulares, formam uma espécie de armadilha capazes que aprisionar até pequenos sapinhos e lagartixas.

Dionaea muscipula também conhecida como “papa-mosca” abocanha insetos distraídos em apenas três décimos de segundo, um recorde.

 Drosera spatulata

Todas as espécies tem folhas com tentáculos na parte superior. Estes tentáculos produzem uma espécie de liquido pegajoso, capaz de aprisionar insetos. Esta espécie tem movimentos lentos em seus tentáculos, mas mesmo assim são eficientes na captura.

Drosera spatulata: Todas as plantas tem folhas com tentáculos na parte superior.

Darlingtonia californica

A Darlingtonia californica é uma das mais espetaculares plantas carnívoras, são também conhecidas como planta-cobra. Os insetos entram através de um buraco e nunca mais saem! Dentro deste orifício existe uma secreção viscosa capaz de imobilizar qualquer inseto atrevido.

Darlingtonia californica é uma das mais espetaculares plantas carnívoras, são também conhecidas como planta-cobra.


6 comentários

6 Comments

  1. Edmilson

    em

    Um dia terei uma Dionaea muscipula e uma Drosera spatulata, mas só depois de parar as obras da casa para não estraga-las.

  2. Rafael

    em

    minha mae gostaria que eu desse para ela uma drosera spatulata porque ela odeia sapinhos hehe

  3. Douglas D.

    em

    Esse posto me lembrou o documentário interessante de David Attenborough, “Reino das Plantas”, e tem 3 partes. Senão me engnao, na segunda parte, mostra tudo sobre as plantas carnívoras, inclusive, gravam suas armadilhas em câmera lenta.

    Se vocês quiserem dar uma olhada, está aí a primeira parte: http://www.youtube.com/watch?v=eql1HjSGQJY

    2ª parte, que fala sobre algumas plantas carnívoras: http://www.youtube.com/watch?v=3Kjvv3kiBJ0&list=PL126DBDFA0FAA3E29&index=2

    Espero que gostem o documentário. E também passo esses links para Karlla.

    Abraços,

    Douglas D.

  4. Por seus hábitos estranhos, as plantas carnívoras ficam bem em um cenário de filme de terror, mas na verdade não representam perigo. Têm esse nome porque se alimentam de insetos e outros animais e fazem isso porque buscam outra fonte de nutrientes, uma vez que vivem em solos pobres e deficientes. A maior parte dessas plantas captura insetos, mas algumas espécies podem capturar pequenos animais, como moluscos, lesmas e até pequenos sapos.

  5. Gabriela

    em

    Eu adoro o seu site,tem coisas muito interessantes, e leio aqui quando tem trabalhos na escola,mas queria saber se algumas plantas carnívoras brilham no escuro?

  6. eu ja vi uma planta carnivora se espiçando para comer um umano ela e muita perigosa
    hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa 😛

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo