Curiosidades

O que aconteceria se comêssemos apenas um tipo de alimento por toda vida?

 “É possível sobrevivermos comendo só um tipo de comida a vida toda?” Stella Xuxa



 Bem Stella, escolher apenas um alimento para ingerir por toda a vida, seria o mesmo que envenenar-se aos poucos. Mesmo se ingeríssemos apenas um tipo de fruta, vegetal ou grão a vida inteira, isso faria com que alguns de nossos órgãos morressem com o tempo. Nenhum vegetal contém os nove aminoácidos essenciais para que nosso corpo consiga sintetizar as proteínas vitais.

Sem os aminoácidos adequados, nossos anexos dérmicos sofreriam logo. Os cabelos ficariam fracos e mais claros e as unhas moles. Os músculos, incluindo coração e outros órgãos, iam atrofiar a um ponto que levaria a morte, como acontece em casos extremos de anorexia. Comer apenas um tipo de carboidrato também não é uma boa ideia. Os órgãos também passariam por um colapso por falta de aminoácidos. Devido a falta de vitamina C, o escorbuto seria inevitável em pelo menos 8 meses de vida. De acordo com experimentos feridas estranhas começam a surgir pelo corpo, episódios de febre, perda dos dentes e a morte.

Uma pessoa carnívora convicta também não teria sucesso. A maior parte das carnes não possui carboidratos, nem vitamina C. Os carboidratos fornecem a energia para a vida. De acordo com especialistas, sem o carboidrato, o organismo começa a utilizar a massa muscular para adquirir energia. É como se o próprio corpo “comesse” os músculos, inclusive o coração, para conseguir energia.

É claro que tudo que foi citado acima são especulações. Muitos povos não tem outra escolha, senão ter uma alimentação muito restrita a um tipo de alimento. Por isso cientistas tem tentado desenvolver grãos geneticamente modificados que contêm mais vitaminas e nutrientes, principalmente vitamina A, para combater a má nutrição.



arroz_getty

Comer só um tipo de alimento a vida toda pode levar a morte!

FONTE

7 comentários

7 Comments

  1. Paulo Henrique

    em

    e como as aves não morrer ja que so como um tipo ?

  2. Karlla, parabéns pelo trabalho! Realmente incrível como conseguimos retirar informações que envolvem biologia em coisas simples do nosso dia-a-dia.É lindo ver como seres microscópicos e até mesmo animais de grandes portes são necessário para o bom caminhar da sociedade. Fiquei apaixonada pelo site e já li tanto de seus textos que comecei a falar de Biologia ainda mais para todo mundo.Textos objetivos,explicativos e que não deixam dúvidas de como a Biologia não é uma matéria chata de escola,e sim uma maneira de ver o mundo diferente,não é? Tenho 15 anos e pretendo cursar Biologia e entrando aqui só alimentou ainda mais esse meu desejo. Parabéns pelo lindo blog, acaba de ganhar uma leitora assídua daqui. Beijão.

  3. FABIANO

    em

    acho que nao seria possivel pois nem todos nutrientes necessarios para nossa saude se encontram em um unico tipo de alimento.

  4. Juan

    em

    Hum…! Interessante, bem legal o artigo

  5. Thyago

    em

    Olá, primeiro parabéns pelo texto esclarecedor. Segundo, penso que no terceiro parágrado, linha 2, você queria dizer “vitaminas” no lugar de “aminoácidos”.

    Parabéns pelo blog!

  6. bom eu agradeço pela explicação so queria saber outra coisa, somos onívoros e comemos tanto vegetal quanto animal, mais um animal totalmente carnívoro não precisaria de tais vitaminas também ? ou somente onívoros?

  7. César

    em

    Como é que sobrevivem, então, os que fazem a dieta de Atkins, que nas duas primeiras semanas não ingerem carboidrato algum, mas fazem uma dieta com vegetais do tipo folha (praticamente sem carboidratos digeríveis), proteína e gordura?

    O dr. Atkins explica em seu livro que o organismo começa a mobilizar a gordura acumulada, e retirar dela a energia, isto então é falso?

    Já vi gente dizendo que se não comer carboidrato, o cérebro para de funcionar e os músculos também, o que é um exagero evidente. Já vi nutricionistas dizendo isso, inclusive. Por que dietas paleolíticas e dietas de proteínas são tão odiadas por nutricionistas?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo