Animais

Alguns motivos para você aumentar seu pânico por baratas!

Alguns motivos para você aumentar seu pânico por baratas!
1 (20%) 1 vote

1 – Barata andando pela casa durante o dia não é bom sinal:

As baratas sabem que é hora de se recolher quando percebem a claridade e só saem quando escurece. Dentro das casas, a hora de ficar quieta no seu canto é enquanto o homem está ativo, oferecendo mais riscos a ela. Isso porque, longe de nós estão mais segura, obvio! Baratas em atividade durante o dia indicam que a população está muito alta e não há esconderijos para todas.




2 – As baratas caseiras não têm nenhum papel na cadeia ecológica:

Somente as baratas que vivem na naureza são importantes, já que contribuem para a reciclagem do material orgânico e servem de alimento para vários predadores. Essas caseiras não tem nenhum função nobre no equilíbrio da natureza e só servem mesmo para atormentar e causar doenças!

3 – Elas têm pelinhos na parte posterior do corpo que lhes dão informações detalhadas sobre o inimigo:

Baratas, como já sabemos são insetos rápidos e possuem um reflexo ultra-rápido.Elas possuem na parte posteriror do corpo, estruturas como pelinhos chamadas de cercis. Eles são capazes de perceber movimentos sutis do ar e lhe permitem obter informações sobre possíveis ameaças, como localização, tamanho e velocidade. Elas ainda enxergam muito bem, mesmo quando não há luz, e seus ouvidos são capazes de detectar até os passos de outra barata.



4 – Elas podem roer os seus lábios enquanto você dorme – e deixam ali microrganismos que causam doenças:

Essa sereve para quem não escova os dentes antes de dormir. Baratas tem o péssimo hábito de roer os lábios das pessoas durante o sono para pegar partículas de alimentos. Isso é ainda pior se considerarmos que os bichos podem carregar a bactéria da peste, da febre tifóide, da cólera, o vírus da poliomielite, de um tipo de herpes e ainda podem transmitir vários tipos de conjuntivite.

5 – Elas têm uma capacidade incrível de se multiplicar e os ovos vingam mesmo quando a mãe morre:



Sabe aquela gosma branca nojenta que explode quando você esmaga a barata? Aquilo é gordura e contém as reservas de nutrientes que vão alimentar as células do inseto quando faltar comida. Também funcionam como reservas para ovos mesmo se a mãe morrer antes deles nascerem. A capacidade de reprodução das baratas é incrível: em 150 dias de vida, uma única fêmea consegue botar cerca de 320 baratinhas no mundo.

6 – As baratas conseguem viver vários dias sem cabeça:

Além de conseguir ficar até um mês sem se alimentar, o inseto ainda é capaz de sobreviver por vários dias sem a cabeça. É que suas principais estruturas vitais ficam espalhadas pelo abdômen e, nesses casos, um gânglio nervoso no tórax passa a coordenar os seus movimentos, permitindo que fujam das ameaças. Como seu corpo tem um revestimento de células sensíveis à luz, ela ainda pode localizar e correr para as sombras. Você pode ler mais sobre isso AQUI!

7 – Para fugir delas, só correndo para as calotas polares:

Apenas 1% das mais de 4 mil espécies são caseiras. As outras vivem na natureza, e são tão danadas que conseguem viver em quase todos os ambientes naturais, de desertos a florestas tropicais. A sua grande barreira ecológica é o frio intenso, mas nem adianta fugir para a Noruega ou a Finlândia: elas aparecerão em versões minúsculas e vão querer se aquecer no quentinho da sua casa nórdica. A única solução é correr para as calotas polares.

Frazzled-woman

Fonte: Superinteressante


33 comentários

33 Comments

  1. Mabully Batista

    em

    Eu gostei muitoOo…deste artigo. Muito bom!!! =D
    #ConhecimentoNuncaÉDemais#

  2. Hanah Ceres

    em

    Santo Cristo… vou passar o resto da vida perturbada… @.@”
    Amo animais e insetos, meus únicos problemas são com essas malditas aí! As odeio ainda mais por não terem função alguma!

  3. Edmilson

    em

    Eita bicho do mal

  4. Celio Cunha

    em

    Pânico de barata, a vá, eu tenho medo é do bixo homem!

  5. Bels

    em

    A gosma branca que vc citou, é a hemolinfa certo?

  6. “2 – As baratas caseiras não têm nenhum papel na cadeia ecológica:”
    Discordo. Uma casa também é um ecossistema: baratas são alimentos de aranhas, escorpiões, lacraias, lagartixas e outros organismos domiciliares. Baratas tb abrigam micro-organismos. Independentemente de serem úteis ou não aos humanos, isso *é* desempenhar papel ecológico. E se baratas controlam populações humanas por meio de doenças, isso também é um papel ecológico.

    []s,

    Roberto Takata

    • Danilo Marciel

      em

      A vsf cria na sua casa então aff cada uma !!!!

      • Fernando

        em

        Danilo… percebe-se em suas poucas palavras o tamanho de sua ignorância.

        O Roberto tá mais do que certo! Parabéns pela observação.

    • Marcos

      em

      Boas,

      As baratas são alimento para Aranhas e Escorropiões na sua casa?
      Só se for na sua!

      Faça compras, e quando for fazer a papinha do teu bebê e abrir o armário você se deparar com dezenas de baratas dirá: – Interessante, um belo papel ecológico.

      aham….sei.

      • Felipe

        em

        kkkkkkkkkk, so rindo do contexto inusitado. E sim, os escorpiões precisam se alimentar, tadinhos.

    • Ana Bia

      em

      É mesmo, Robert Tanaka, ótima observação. É que a nossa megalomania só enxerga função ecológica no que nos é útil. 😉

  7. Lord

    em

    A parte de roer os lábios enquanto a pessoa dorme é pura lenda. Os pais usam isso para convencerem os filhos a escovarem os dentes.

    • Tina

      em

      não é verdade! conheci uma garota que aconteceu com ela. é horrivel!

  8. Kris

    em

    Nossa que animal incrivel
    nojento, gosmento, irritante, corro como se fosse meu ultimo dia de vida quando vejo uma…

    Mas não muda o fato de ser um animal incrivel

    ótimo post 🙂

  9. As baratas são importantes no ecossistema, pois obrigam as pessoas preguiçosas a manter a casa parcialmente limpa.

    • Felipe

      em

      mt bem, alguma função afinal…

    • Carollina

      em

      Kkkkkkkk adorei essa ! Tenho pavor de baratas ! Acho que por isso mantenho o maximo possivel da casa limpa!

  10. Felipe

    em

    Elas podem roer os seus lábios enquanto você dorme – e deixam ali microrganismos que causam doenças:

    Beijar baratas, sai fora, kkkk. mt bom o artigo

  11. Danielle

    em

    bicho dos infernos

  12. Tina

    em

    amei!!! fofuchas!! puxa, não sabia que eram tão interessantes; vou pensar duas vezes antes de sair correndo de perto de uma barata. mas é melhor passar repelente no chão!

  13. Luiz Roberto Fontes

    em

    “2 – As baratas caseiras não têm nenhum papel na cadeia ecológica:”

    Incorreto. A barata no interior da casa é um transtorno, com risco de transmissão de doenças e de causar dano a materiais orgânicos e inorgânicos. Porém, no ECOSSISTEMA URBANO, tanto baratas como outros animais sinantrópicos (isto é, que convivem com o ser humano) tem papel ecológico evidente. O papel mais expressivo é o de consumidores de matéria orgânica: tubulações de esgoto e similares, totalmente inacessíveis aos instrumentos de limpeza, em boa parte não entopem devido ao trabalho de “limpeza” realizado pelas baratas. Ação similar se dá nos cemitérios, consumindo restos cadavéricos. Idem nos lixões (cada ser humano gera, em média, 1 kg de lixo por dia!).

  14. Júlio Cesar dos Santos

    em

    Até sem cabeça esse bicho consegue sobreviver! Nunca vi um inseto assim ser tão privilegiado por tanta resistência, elas sobrevivem até a ataques nucleares, ninguém merece…

  15. Ana Paula

    em

    Como eu não quero lacraia, escorpião e outros em minha casa, pra que considerar que esses bichos são importantes. Tenho catsaridafobia e só em ver nas fotos, fiquei com falta de ar. Gostei do artigo e acho válido os comentários, afinal, cada um tem um exemplo. Parabéns a todos.

  16. Flávio

    em

    Tenho de concordar com o Luis e com o Roberto. Mesmo transmitindo doenças, as baratas de rua auxiliam na decomposição dos lixos orgânicos como fezes, comida outros. De certa maneira, fazem parte o ambiente urbano com a mesma função das baratas silvestres em ambientes naturais. Além disso, elas também servem como alimento há vários animais que também contribuem com o ecossistemas urbano.

  17. JESSYCA

    em

    EU TO FERRADA E MAL PAGA. ADORO BIOLOGIA IREI COMEÇAR A FACULDADE O ANO Q VEM, MAS DEPOIS QUE LI ESSE BLOG E VI A REAL FUNÇÃO DE UM BIOLOGO E A BARATA ESTOU EM PÂNICO, SOU EM VÊ UMA EU DESMAIO JA DESMAIE VARIAS VEZES PRINCIPALMENTE QUANDO AS TRISTES SÃO VOADORAS E NINGUÉM PEGA AI FERROOOOOOOOOO.
    BOM BEM QUE O CURSO DE BIOLOGIA PODERIA PULAR ESSA MATERIA DE INSETOS NÉ.

    EU QUERO TODOS OS ANIMAIS ESTUDAR MENOS INSETOS TOCARRRRRRRRRRR!!!!!!!!! AFFF

    • Sidney de Oliveira Novaes Junior

      em

      Jessyca, qdo comecei a fazer Biologia, tinha duas amigas que faltavam às aulas de Zoologia dos Invertebrados só pq era feitas com baratas. Mas, é necessário conhecê-las para entender o funcionamento de seus órgãos e fazer um comparativo com outros insetos. Fique firme no seu propósito e faça o curso sim. Não vai se arrepender.

  18. Mari

    em

    Eu tenho pavoooooooooooooooooooooor desse bicho! e vou ter que dessecar uma barata na aula de zoo to ferrada! eu nem vou nessa aula! É UM PESADELO!!!!

  19. Ramon

    em

    Elas podem roer os meus lábios enquanto eu durmo? HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEELP

  20. Antonio Carlos

    em

    Bicho asqueroso!!!!! Parabéns pelas informações.

  21. Pingback: Alguns motivos para você aumentar seu pânico por baratas! | Mente Ativa

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo