Que bicho é o cavalo marinho?


“O Diário de Biologia é o site que responde nossas dúvidas mesmo quando não percebemos que temos a dúvida… Então, pensando nisso.. eu pergunto: Que bicho é o cavalo marinho? Um peixe, um crustáceo, um molusco?” Daniel Pontes

Olá Daniel, sabia que eu também tinha essa dúvida antes de estudar biologia? Bem, o Cavalo-marinho é na verdade um peixe ósseo, apesar de não parecer com um. Pertencem à família dos singnatídeos, e ao gênero Hippocampus. Vivem em águas temperadas e tropicais e são conhecidos facilmente por possuírem uma cabeça alongada com filamentos que lembram a crina de um cavalo.

Esses peixes são bem curiosos, pois nadam com o corpo na vertical e possuem características semelhantes àquelas dos camaleões. Os Hippocampus podem mover seus olhos de forma independente um do outro e também são capazes de mudar de cor de acordo com o ambiente, assim como os famosos camaleões. Algumas espécies são tão enfeitadas que podem ser confundidas com algas marinhas e corais.

Lined_seahorse,_Hippocampus_erectus
Hippocampus erectus, uma das espécies brasileiras.

Os cavalos marinhos têm uma peculiaridade na reprodução, pois a os machos é que realiza a incubação dos ovos e gera os filhotes. No momento da cópula, a fêmea transfere os ovos de sua bolsa incubadora para dentro da bolsa incubadora do macho que se localiza na região ventral da cauda, onde o esperma é liberado. Depois de mais ou menos dois meses os ovos eclodem dentro da bolsa e o macho os libera para o ambiente externo. Os filhotes são muito sensíveis, medem cerca de 1 cm e são muito transparentes. Apesar disso, já se tornam completamente independentes assim que nascem. Aqui no Brasil temos duas espécies de cavalo-marinho: Hippocampus erectus e Hippocampus reidi.


Hippocampus heidi
Hippocampus heidi, outra espécie brasileira.


FONTE

FONTE


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.