Por que as minhocas saem da terra depois que chove?

 

“Depois da chuva reparei um monte de minhocas no meu quintal e eu já tinha visto isso antes. É só chover que elas aparecem. Tem alguma explicação pra isso?” Jorge Luiz

Esse comportamento das minhocas depois das chuvas tem explicação sim, Jorge! Minhocas são animais do filo Annelida, também chamados de anelídeos, nome dado por terem o corpo formado por segmentos semelhantes a anéis. São animais que vivem enterrados, escavando galerias e canais no solo, ali se abrigam e se alimentam de restos vegetais e ingerem grandes quantidades de terra.

Esses bichos não têm pulmões, a respiração das minhocas é cutânea, ou seja, é pela pele. A epiderme das minhocas é coberta por uma fina cutícula de quitina e produz bastante muco, o que as torna viscosas, diminuindo o atrito com o solo e facilitando o deslocamento. Além da proteção, o muco facilita a respiração, pois garante a umidade indispensável para as trocas gasosas. O oxigênio dissolve neste revestimento mucoso, passa através da pele e alcança os vasos sanguíneos.

Normalmente quando uma chuva forte e persistente satura a umidade do solo logo aparecem minhocas na superfície. Vocês podem imaginar que elas estão ali porque adoram umidade e aproveitam a chuva para “se dar bem”. Mas não é nada disso! O excesso de umidade no solo enche as galerias de água e como as minhocas não conseguem retirar oxigênio da água a situação fica perigosa para elas e por isso, apesar de ser inseguro, elas migram para a superfície em busca de oxigenação.

Assim, as minhocas precisam de umidade, mas o equilíbrio é o grande segredo. Muito seco é ruim, pois sem umidade elas não conseguem respirar e morrem. Muita água é ruim, pois não podem absorver o oxigênio suficiente de água, e sufocam.

27

Quando existe um excesso de água no solo a minhoca precisa sair para respirar melhor!

page3_blog_entry92-day-13-robin-eats-worm

Elas se tornam vulneráveis ao ataques de outros animais como os pássaros!

__________________________________

Categorias Animais,Curiosidades,Visitante Curioso