Curiosidades

Por que cogumelo não é planta?

“Queria saber se o cogumelo dá alguma fruta e se existe alguma fruta de cogumelo que podemos comer.” Ariana Martins




Ariana querida, muita calma nessa hora! Olha só, juntamente com os mofos, bolores e leveduras, os cogumelos são FUNGOS. E nenhum fungo dá frutos, até porque os seres vivos capazes de produzir frutos são os vegetais (plantas) e os fungos NÃO são plantas. Mas não se assuste, pois por muitos anos, os fungos foram considerados como plantas e eles até foram incluídos, por autores renomados, no reino das plantas. Só que, os fungos e as plantas são muitíssimo diferentes.

Os fungos não possuem uma organela celular chamada cloroplasto, que é onde fica depositada a clorofila, e então não possuem este pigmento. Isto significa que eles não podem sintetizar açúcares, ou seja, não fazem fotossíntese como as plantas. Para se alimentar necessitam obter seus nutrientes de um meio externo. Eles fazem isto absorvendo materiais nutritivos como parasitas de organismos vivos, ou como saprófagos em matérias orgânica morta, por isso são considerados heterotróficos como os animais. A célula dos fungos possui uma parede celular composta por quitina, uma substância dura que forma a carcaça dos crustáceos e o exoesqueleto dos insetos, ou seja, uma característica animal e não por celulose como os vegetais.



cogumelo

A célula dos fungos possui uma parede celular composta por quitina, uma substância dura que forma a carcaça dos crustáceos e o exoesqueleto dos insetos, ou seja, uma característica animal e não por celulose como os vegetais.

“Meio bicho, meio planta”, os fungos receberam uma classificação diferente.Os biólogos consideram os fungos suficientemente diferentes de plantas e dos animais que os classificaram em um reino próprio: o reino Fungi. Neste reino, o “corpo” é uma longa, fina, estrutura tubular chamada “hifa”, mas em poucos fungos (as leveduras) o corpo consiste de uma só célula. Embora alguns fungos, como os cogumelos, sejam suficientemente grandes para serem vistos facilmente, a maioria dos fungos são microscópicos em tamanho e devem ser observados com a ajuda de um microscópio.

A parte da biologia que estuda os fungos é chamada Micologia. As doenças causadas por fungos são micoses. Parecido com algumas espécies de plantas e animais, mais de 60 espécies de fungos apresentam bioluminescência, aquela capacidade de emitir luz própria como os vaga-lumes.



penicillium-digitatum5

O bolor que dá em frutos também é um fungo!

FONTE

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


13 comentários

13 Comments

  1. Lorenzo

    em

    Nunca vi bolor em frutas… 🙁

    • André Gabriel

      em

      experimenta por laranja num ambiente humido e deixa la ficar la 14 dias. logo ves bolor em fruta

    • Ronald

      em

      experimenta morar sozinho , como eu , minha geladeira parece o reino dos bolores.

  2. Amanda

    em

    Muito bom… de grande valia pro vestibular.
    Já sabia disso… mas, vale sempre a pena
    ler os seus textos.

  3. Patrícia Alencar

    em

    Ótimo texto, bastante sucinto. ^^
    Mas, tenho uma pergunta… A partir de que ano os fungos passaram a fazer parte do Reino Fungi?

    • André Gabriel

      em

      em 1969 quando Whittaker propôs um sistema de classificação em 5 reinos.
      Antigamente so havia reino animal e plantae
      entre 1834 e 1919, tempo de vida ernst heackl, este individuo propôs um reino intermédio ao plantae e ao animalia – o reino protista
      entre 1902 e 1968, copeland sugeriu o sistema em 4 reinos (plantae, animalia, protista e monera das bacterias)
      em 1969 já sabemos o que houve
      e em 1970/1971, Carl Woese propôs a classificação em 3 dominios – EUKARYA ( contendo o reino animalia, fungi, plantae e protista) e ARCHAEA E EUBACTERIA (fazendo os dois parte do reino monera).

  4. Ótimo texto! Mas vou dar uma complementada: o “fruto”que a Amanda se refere é o corpo de frutificação de alguns fungos pluricelulares, uma estrutura reprodutiva que as vezes é comestível, como no caso dos famosos Shitake e champignon de Paris.

    • Boa colocação Marco. No contexto de todo o email que recebi da Amanda, ela se referia mesmo a uma fruta (como laranja)… Mesmo assim, Acho prudente complementar o texto com um parágrafo com sua colocação que foi perfeita!

  5. Parabéns pela postagem, como sempre é um excelente artigo. A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo. Gostaria de lembrar também um ótimo agregador de conteúdos que vem se destacando muito, que é o Super Links:
    http://www.superlinks.blog.br

    Divulgue seus links gratuitamente sem necessidade de cadastro, sem fila de espera, tenha seus links divulgados em nosso site, Facebook e Twitter e receba centenas de visitas diarias.

  6. david

    em

    se bem que usar o argumento de que ñ produz frutos por isso ñ é planta é meio que inválido, briófitas e pteridófitas não produzem frutos e são plantas..

    • jabner

      em

      Ela não escreveu isso!

    • Ronald

      em

      de fato ela não escreveu isso.

  7. Daniely

    em

    Muito interessante … meu professor Guilherme já havia passado este vídeo em sala de aula!! Muito interessante mesmo! Abraços e ansiosa pelos próximos artigos …

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo