Animais

Gertie nasceu galinha (fêmea), mas em algum momento da vida, virou galo (macho). Especialistas explicam o fenômeno raro!

Um casal britânico ficou surpreso quando descobriu que sua galinha de estimação chamada Gertie, foi devagar se transformando em um galo. Parece mentira, mas não é!  Esses animais realmente podem reverter o  sexo naturalmente.

O primeiro sinal da mudança foi que Gertie foi parou de botar ovos. Em seguida, segundo seus donos, ela começou cantar como um galo. Em poucas semanas que se seguiram, Gertie ganhou peso e desenvolveu aquela barbela característica dos galos. Ela também desenvolveu uma plumagem marrom-escuro e uma crista, ou seja, aos poucos a “galinha” foi adquirindo traços de um macho.

Pesquisas da Universidade da Flórida garantem que é possível essa mudança de sexo, embora seja muito raro. A mecânica desse fenômeno biológico parece funcionar em apenas uma direção, ou seja, somente fêmeas podem se tornar machos. Isso porque, aves fêmeas têm apenas um ovário funcional, em seu lado esquerdo. Durante a fase embrionária dois órgãos sexuais estão presentes em todas as aves. Assim, depois do desenvolvimento, a ave sendo fêmea, geralmente, desenvolve apenas o ovário esquerdo. A gônada direita permanece adormecida, não se desenvolve, e então não está definida como um dos ovários ou como testículos.




Por alguma razão, geralmente, por problemas de saúde, como um cisto no ovário, o tumor de glândula adrenal podem provocar a regressão do ovário esquerdo da galinha. Na ausência de um ovário esquerdo funcional, o órgão que até então estava adormecido pode começar a crescer desenvolvendo os testículos, que logo começarão a secretar andrógenos. Este hormônio está amplamente ligado a ao desenvolvimento de características masculinas. A produção de andrógenos pode fazer com que a galinha submeta a mudanças de comportamento e fazendo-a parece mais como um galo.

Essa mudança não é completa. A transição se limita a fazer uma ave com o fenótipo do sexo masculino, o que significa que, embora a galinha irá desenvolver características físicas de um galo, ela permanecerá geneticamente do sexo feminino. Assim, a galinha que já é incapaz de colocar ovos, não poderá, também, “ser pai”!



Sem-Título-3

Gertie e sua dona.. Orgulhosas com a mudança!

FONTE

Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


22 comentários

22 Comments

  1. Monique

    em

    nossa que interessante. Estou fazendo biologia BCH e acho incrível descobrir que a vida é bem diferente do que pensamos e muitas coisas extraordinárias podem acontecer,parabéns pelo site,ficou muito bom,sempre passo por aqui para ver as novidades. ^^ bjo

  2. IgorAssunção

    em

    Interessante!
    Isso ocorreu recentemente?

    • Mirna

      em

      Isso foi postado dia 13 de junho de 2011, agora a data em que ocorreu este fato, eu nem sei.

  3. Aline Souza Reis

    em

    Carambaaa!!! nunca imaginei q isso fosse possível na vida animal, e me surgiu uma pergunta, msm q raro, essa troca de sexo é possível acontecer com outras espécies de animais? e como no caso dessa galinha, o que muda é só as caracteristicas fenótipicas ou pode mudar a genética tbm ( coisa q eu axo mto dificil, mas depois de uma galinha transsexual, não duvido de mais nada rsrs).

  4. Lorenzo

    em

    Quer dizer que a galinha perdeu a vagina e ganhou um pênis?!

  5. Muito interessante o conteúdo deste blog. Hoje em dia até as galinhas são transexual.

  6. daniela

    em

    até galinha transexual existem hj em dia, q legal. kkkkkkkkk

  7. Parabéns pela postagem, como sempre é um excelente artigo. A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo. Gostaria de lembrar também um ótimo agregador de conteúdos que vem se destacando muito, que é o Super Links:
    http://www.superlinks.blog.br

    Nele todos podem divulgar seus links gratuitamente sem a necessidade de cadastro e receber centenas de visitas diarias.

  8. indira tavares

    em

    bom, gostei,sou Bióloga mas nunca tinha ouvido da mudança do sexo de um ave

  9. Eu gostaria de lhe parabenizar senhora Karlla Patrícia, pelo seu trabalho….o blog é muito interessante e uma ótima ferramenta de aprendizagem..estou agora na aula da professora Eurivane Martins, ela que nos recomendou e eu adorei….Parabéns e boa sorte.

  10. Francisco P

    em

    Isso é um pecado! essa galinha deve passar por uma sessão de descarrego na IURD! kkk!!

    • Mirna

      em

      Palhaço, nem teve graça. E num é pecado não, a natureza é comandada por Deus, e ele sabe o que faz. ¬¬”

    • Thomas

      em

      Não chega a ser pecado, já que a galinha não fez isso “porque se sente bem assim”. Em algumas espécies animais é relativamente comum a fêmea virar um macho completo (digo fértil) quando necessário. Mas será que isso acontece na espécie humana? Há / houve necessidade que fêmeas virem macho ou o contrário? Pense no que é natural inclusive biologicamente.

  11. A natureza é incrível.

  12. Esteban

    em

    Se mudança de sexo e práticas homossexuais acontecem naturalmente com inúmeras espécies de animais, por que estranhamos tanto quando vemos ocorrer com os próprios seres humanos? Nossa cultura ainda nos ensina que isso é “pecado” abominável (vejam Levítico 18:22 na Bíblia, por exemplo), que machos/homens nasceram para copular com as fêmeas/ mulheres. Essa “lei” de “homem com homem e mulher com mulher não pode” é simplesmente anacrônica, ultrapassada, anti- natural. Não se aplica mais aos nossos tempos.

    • Mirna

      em

      Eu acho q não tem nada haver, todos podemos escolher a sua opção sexual. Tudo bem que na bíblia esteja escrito que homem tem que ficar com a mulher, e vice versa, mas quado Deus criou a undo ele deu a todos o livre arbítrio.
      No mundo, o preconceito está crescendo mais, e mais, mas tem pessoas rompendo este preconceito, como a Maria Gadú, ela é um exemplo.
      E outra que o Esteban, que raio de nome é esse??

    • Junior

      em

      Sim, claro… só porque por mudanças hormonais devido a um problema involuntário no ovário uma galinha criou fenótipo de galo, agora é comum e NATURAL a todas as espécies (inclusive a humana) animais do mesmo gênero fazerem sexo unicamente por prazer. Com certeza…

  13. Rogério Caetano Huche

    em

    Karlla, isso aconteceu comigo. Uma galinha minha, depois que o galo velho morreu, desenvolveu crista e passou a cantar igual ao galo. Tem um video no youtube, se te interessar passo o link.

  14. criamos dois pintinhos um macho e uma femea crecerão juntos e agora que estão adutos a franga comecou a cantar como o galo e a crecer a crista inclusive começou a bater no galo.

  15. Osiel Ferreira

    em

    O título da matéria é equivocado e induz ao erro. Se apenas as características fenotípicas foram alteradas, devido a cistos ou tumores, ou seja, devido a um problema de saúde – logo, não se deve classificar o acidental como essencial – e ela permanece sendo do sexo feminino, não se pode falar em mudança de sexo. Em tempos de “erros” científicos propositais – que se diga, para beneficiar determinados grupos, sejam econômicos ou ideológicos – é um desserviço utilizar-se de terminologias impróprias quando se fala de Ciência.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo