Animais

Incrível: A história de uma galinha que virou galo literalmente



Um casal britânico ficou surpreso quando descobriu que sua galinha de estimação chamada Gertie, foi devagar se transformando em um galo. Parece mentira, mas não é!  Esses animais realmente podem reverter o  sexo naturalmente.

O primeiro sinal da mudança foi que Gertie foi parou de botar ovos. Em seguida, segundo seus donos, ela começou cantar como um galo. Em poucas semanas que se seguiram, Gertie ganhou peso e desenvolveu aquela barbela característica dos galos. Ela também desenvolveu uma plumagem marrom-escuro e uma crista, ou seja, aos poucos a “galinha” foi adiquirindo traços de um macho.


Pesquisas da Universidade da Flórida garantem que é possível essa mudança de sexo, embora seja muito raro. A mecânica desse fenômeno biológico parece funcionar em apenas uma direção, ou seja, somente fêmeas podem se tornar machos. Isso porque, aves fêmeas têm apenas um ovário funcional, em seu lado esquerdo. Durante a fase embrionária dois órgãos sexuais estão presentes em todas as aves. Assim, depois do desenvolvimento, a ave sendo fêmea, geralmente, desenvolve apenas o ovário esquerdo. A gônada direita permanece adormecida, não se desenvolve, e então não está definida como um dos ovários ou como testículos.

Por alguma razão, geralmente, por problemas de saúde, como um cisto no ovário, o tumor de glândula adrenal podem provocar a regressão do ovário esquerdo da galinha. Na ausência de um ovário esquerdo funcional, o órgão que até então estava adormecido pode começar a crescer desenvolvendo os testículos, que logo começarão a secretar andrógenos. Este hormônio está amplamente ligado a ao desenvolvimento de características masculinas. A produção de andrógenos pode fazer com que a galinha submeta a mudanças de comportamento e fazendo-a parece mais como um galo.

Essa mudança não é completa. A transição se limita a fazer uma ave com o fenótipo do sexo masculino, o que significa que, embora a galinha irá desenvolver características físicas de um galo, ela permanecerá geneticamente do sexo feminino. Assim, a galinha que já é incapaz de colocar ovos, não poderá, também, “ser pai”!

Sem-Título-3

Gertie e sua dona.. Orgulhosas com a mudança!

————————————–

FONTE

Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.