Quando criança cabelo liso. Quando adulto cabelo crespo, por que?

“Quando eu era pequena meu cabelo era liso, sedoso, fino. Agora já adulta meu cabelo é completamente crespo e completamente sem graça. Por que os cabelos mudam enquanto envelhecemos?” Rosana Áurea

Pois é Rosana, se para que você se conforme com a situação, te garanto que você não é única que passa por isso. Nosso cabelo sofre com alterações hormonais e com isto acabam alterando a textura durante nossa vida.

Os primeiros cabelos são muito finos e despigmentados, chamado “lanugem” que começa a crescer após o quinto mês de vida intra-uterina. Cinco ou seis meses após o nascimento, é substituído por uma pelagem mais densa. A partir dos seis meses aparece uma “terceira geração” de cabelos, que pela primeira vez, apresenta um ritmo de crescimento individual para cada fio. Normalmente nesta fase, os cabelos são mais finos, sensíveis e ainda não é seguro apostar que aquele será o cabelo que nos acompanhará na fase adulta.

Na adolescência é quando tudo acontece. Descargas hormonais modificam várias estruturas do corpo inclusive os anexos dérmicos como cabelos e unhas. Os cabelos na adolescência recebem uma forte pigmentação tornando-os mais espessos. Algumas vezes a estrutura do fio sofre alterações que podem ser ondas, cachos, recuo da linha de implantação frontal.

Além de alterações hormonais, cientistas garantem que o formato do cabelo está relacionado ao formato dos folículos capilares. Um estudo realizado por cientistas da L’Oreal descobriu diferenças estruturais na distribuição de uma proteína chamada queratina no duto capilar, atribuindo a ela parte da influência sobre o formato do folículo capilar no bulbo antes da saída do fio. Em cabelos enrolados, segundo o estudo, mais queratina se acumulava no lado côncavo da curva, enquanto no cabelo liso, as células de queratina estavam distribuídas igualmente. Quando o cabelo está sendo formado, ele parece ter uma “memória” do bulbo reto (para cabelos lisos) ou em formato de gancho (para os anelados).

E por fim, por volta dos 60 anos o cabelo diminui o crescimento e torna-se, novamente, cada vez mais fino. Lembrando que doenças metabólicas e tratamento com drogas quimioterápicas também influenciam na textura do cabelo.

FrizzyHair

Mudanças hormonais na adolescência podem alterar a textura dos cabelos!