Animais

Por que os gatos enterram o cocô?

Tenho 56 anos e sou muito fã do seu Blog. Entro todos os dias para ler as novidades. Eu tenho dois gatos em casa e fico impressionada, pois eles sempre enterram o cocô na caixa de areia. Existe uma explicação para isto? Isalda Miranda – Brasília/DF




Obrigada Isalda, é um prazer tê-la como leitora do Diário de Biologia. Pode acreditar! É verdade: sempre que um gato faz suas necessidades na caixa de areia, eles sempre cobrem voluntariamente as fezes. Isto é realmente intrigante! Os estudiosos do comportamento animal ainda não possuem uma explicação científica e definitiva para este comportamento. E por isso existem várias teorias.

Na primeira teoria, supõe-se que os gatos se comportem dessa forma com a finalidade de “esconder-se” de possíveis predadores. Aí vocês pensam: “Mas que predadores teriam dentro do meu apartamento?” Bem, imagina-se que este comportamento asseado dos gatos não apareceu agora. Há milhares de anos, quando os felinos eram totalmente selvagens, este hábito os protegia de possíveis inimigos. Instintivamente, eles sabiam que seu cocô poderia ser farejado e seu espaço poderia ser encontrado. Daí eles enterravam suas fezes para que seus rastros não fossem descobertos. Assim, mesmo que os bichanos domésticos não tenham mais predadores hoje em dia, o comportamento é explicado pela sua herança genética.

Também se acredita que este comportamento tem a intenção inversa: demarcar território. O ato de enterrar as fezes tende a ocorrer em áreas mais próximas dos locais de descanso e de alimentação, onde normalmente também fica aquela caixinha de areia destinada às suas necessidades. Já a exposição das fezes costuma ocorrer nas fronteiras de seu território, como um jardim ou quintal.



caixa-areia-gato-dicas

Qual seja a teoria correta, é incorreto pensar que os gatos fazem isso porque têm um comportamento higiênico. Isso seria um ponto de vista humano da situação, não é mesmo? E você qual a sua teoria preferida?

10 comentários

10 Comments

  1. Simone

    em

    Olha, o coco do gato é muito fedido, pra mim eles enterram porque nem eles mesmos aguentam o odor.

  2. Zilda Ávila

    em

    Eu acho que é por causa do odor muito fedido, o cheiro é pior do que o do cão.
    Na verdade é um cheiro horrivél!

  3. Mari

    em

    Os gatinhos são mesmo animais curiosos *-* mas vai ver que nem eles suportam o cheiro da propria nescessidade! Fede demaaaais ç.ç

  4. ata agora eu sei porque os gatos esconde o cocô

    • muito interressante essa explicação….eu pense exatamente dessa forma.que eles escondem as suas fezes para que nenhum predador o encontre..
      excelente exploicação..

      OBRIGADO!

  5. Carlos

    em

    Minha vizinha tem em sua casa uns 3 ou 4 gatos. Acontece que esses gatos, ao invés de ficarem presos na casa vizinha transitam livremente pelas casas dos outros. E eles fazem cocô nos locais da minha casa. É um fedor danado. Ao limpar vários cocôs desses gatos no telhado do corredor de casa, verifiquei a existência de várias varejeiras e aí descobri porque as varejeiras passaram a frequentar a cozinha de minha casa. Pela internet descobri que a Higitec e outros endereços, que AS MOSCAS VAREJEIRAS QUANDO ADULTAS TRANSMITEM AINDA DOENÇAS INTESTINAIS BEM COMO A POLIOMELITE. Acho que quem tem gatos deve mantê-los presos em suas casas.

  6. Márcia

    em

    O meu gato tenta enterrar o cocô da minha cachorra, já que ela faz no piso.
    Ele fica puxando areia imaginária em volta do cocô, é engraçado.
    Nesse caso até parece questão de higiene.

  7. Marina

    em

    Acho a primeira hipótese mais válida.
    Até porque, pela prática, nunca vi nenhum gato deixando as fezes descobertas mesmo sendo distantes de seu local de alimentação e descanso.
    Também, eles apresentam outras formas de demarcar seu território, sem necessariamente fazer isso através das fezes.

  8. Waldeniza

    em

    Eu acho que eles enterra os cocós porquenem eles aguenta o chero por que é muito fididinho mas eu amo meus bichanos….

  9. Lucas Rodrigues Santana

    em

    Eu tinha uma gata que fazia cocô no cimento e tentava enterrar, sendo que tem terra aqui. Chegou uma hora que cansamos de limpar os cocôs dela e abaixamos a cabeça dele bem perto do cocô par ela aprender que não se faz ali. Depois disso, cocô só no mato!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo