Curiosidades

Oito coisas que todos nós fazemos no banheiro, mas não deveríamos fazer!

Estudos indicam que cerca de 90% de tudo o que fazemos no dia a dia é uma consequência dos hábitos que criamos ao longo da vida. São atividades que se faz automaticamente, sem pensar em como se está fazendo, porque, afinal, tornou-se um hábito. No entanto, alguns deles podem ser altamente prejudiciais.

1- Usar toalha de tecido no lavabo

Sem dúvida, a melhor coisa é a toalha de papel (se possível não reciclado). Mas sabemos que é um pouco estranho para o banheiro da nossa casa , não é? Por isso, não da para se livrar de uma toalha de tecido. O ideal é trocar diariamente ou se perceber que está úmida demais. Orientar as pessoas para não enxugar o rosto nestas toalhas é indispensável. Germes da nossa mão não precisam ir para nosso rosto, não é?


2- Partilhar um sabonete em barra

Geralmente, os sabonetes não apresentam ação desinfetante, bactericida (a não ser os produzidos com esta finalidade). Eles servem para limpar, e não para matar germes, assim vírus e bactérias podem estar ali “leves, livres e soltos”. Tenha higiene: percebendo que há algum resíduo preso ao sabonete, lave-o. Para o lavabo não dispense o sabonete líquido!

3- Abrir a porta e dar descarga depois de lavar as mãos

Não faça isso, principalmente em banheiros de shoppings, bares e etc. É claro que a maçaneta da porta, sendo tocada por uma mão contaminada, vai carregar as tudo que é micro-organismos. No entanto, mantendo a maçaneta sempre limpa, sem gordura ou outra impureza, os micro-organismos tendem a morrer, pois não resistem à falta de água. Mesmo assim, procure lavar as mãos após apertar a descarga ou tocar em outros objetos do banheiro. Se vire! Nunca pegue na maçaneta de banheiro público depois de lavar a mão, um pedaço de papel higiênico ajuda a livrar sua mão dos monstrinhos da maçaneta!

roupa-suja

4- Deixar cesto de roupas sujas no banheiro

Estando bem fechado, não representa tanto problema assim. Mas, roupas no banheiro acumulam umidade e os fungos e bactérias amam isso (calor, umidade e escurinho), um descuido de alguns dias é o bastante para que desenvolvam colônias de bactérias na sua roupa. Roupas íntimas então… nem pensar, o idela é lavar logo!

5- Manter a escova de dente na pia

Umidade, descargas no vaso sanitário… O melhor é não deixar ela solta por ali. No entanto, o ideal é que sua escova fique sempre seca e evitando aquela umidade do normal em todo banheiro. AQUI você pode ler sobre a sujeira que acumula na nossa escova de dente.

6- Dar descarga com a tampa levantada

Dando a descarga com a tampa levantada, você catapulta os germes para o ar. Eles chegam a atingir vários metros de altura e, como o banheiro não é tão alto, eles ficam pelo ar por até 2 horas, contaminando escovas de dentes e outros materiais colocados sobre as bancadas e pias.

tapete-peixes-translucidos-azul

7- Manter um tapete no box do banheiro

Tudo que você colocar irá servir de mais uma base para o crescimento de micro-organismos. Se possível elimine o quanto antes. No entanto o piso muito liso pode levar a acidentes, principalmente de pessoas mais idosas. Nesses casos, não é possível eliminar, então lembre-se de desinfetar com água sanitária.

8- Deixar as janelas do banheiro sempre fechadas

Janelas fechadas, nem pensar! O vapor retido dos chuveiros eleva a umidade das paredes, favorecendo o bolor. A aplicação, a cada 15 dias, de uma solução de 50% de água sanitária em água eliminará a presença destes bolores desagradáveis. O banheiro deve estar sempre ventilado e as janelas abertas sempre que possível.

Imagens: fatosdesconhecidos/

Comentários

Novidades

Topo