Veja em detalhes como os peixes respiram na água

“Os peixes são organismos aeróbicos, portanto, eles precisam de oxigênio para sobreviver. Em locais onde há “tapetes” de algas sobre a água, geralmente, há a morte de peixes pois as algas submersas não recebem luz para fazer fotossíntese e liberar oxigênio suficiente na água. Minha dúvida é: se os peixes precisam de oxigênio, deve ser porque eles respiram, mas, como eles respiram?” ( Mandý Bouvier)

 “Como os Peixes conseguem respirar dentro d’água?” (André Leoni)

Mandy e André, olha só, muita gente não sabe, mas aquele oxigênio que os peixes respiram na água não é o oxigênio da água. Ou seja, não é o oxigênio do H2O.  Os peixes e outros bichos respiram o oxigênio produzido fica dissolvido na água. No nosso caso, para respirar o ar, usamos os pulmões. Mas na água, nossos pulmões encheriam, e a respiração não aconteceria, conforme explicado AQUI. Então os peixes usam outro órgão, as brânquias. As brânquias são como um monte de fiapos, que quando estão na água, ficam abertos e conseguem deixar passar pelas suas paredes muito finas o oxigênio.

Veja esta explicação. Está muito fácil de entender:
  1. Os peixes respiram absorvendo o oxigênio presente na água. Por isso, eles precisam ficar continuamente engolindo a água dos rios ou do mar, que segue para as brânquias.
  2. Quando chega às brânquias (ou guelras), a água passa primeiro por pequenos cílios existentes no órgão, que servem para filtrar impurezas, como restos de alimento, areia e detritos.
  3. Em seguida, a água filtrada atravessa as brânquias, que tem minúsculas estruturas formadas por filamentos e lamelas – lâminas muito finas e maleáveis.
  4. É nos filamentos e nas lamelas que ocorre a troca gasosa – que no corpo humano acontece nos alvéolos pulmonares. Ambos têm vasos muito finos, chamados capilares, por onde o sangue circula no sentido inverso ao da água, o que aumenta a eficiência da troca.
  5. Como a água concentra mais oxigênio (O2) e o sangue mais gás carbônico (CO2), há uma tendência de essas concentrações se equilibrarem – processo chamado de difusão. Então, o oxigênio da água atravessa as paredes permeáveis das lamelas e filamentos e entra na corrente sanguínea, enquanto o gás carbônico segue no sentido contrário.
  6. Enquanto o sangue leva o oxigênio para todo o organismo do peixe, a água carregando gás carbônico atravessa as brânquias e deixa o corpo pelas fendas branquiais, aberturas laterais próximas à cabeça do animal.

branquias

A brânquia é o órgão responsável por retirar o oxigênio dissolvido na água.

Sem-Título-1

Uma imagem de Microscopia Eletrônica mostrando detalhes das brânquias! Foto: Reprodução/linkol.edu

—————————————–

Pesquisa: Mundo Estranho