Ciclo de vida de uma lagarta!

O Pablo encontrou lagartas em uma planta da cobertura do prédio onde mora. Haviam muitas, eram bonitas e comilonas. Então ele resolveu pesquisar para saber quem elas eram. Ele encontrou o nosso site e leu o texto “Como criar Lagartas até virar borboletas“. Resolveu então, fazer um experimento igual. Foi umsucesso, ele nos enviou todas as fotos que pôde fazer da sequência de desenvolvimento da lagarta. Acompanhe!

Ele pegou três lagartas e fez tudo conforme ensinei aqui no site, colocou a lagarta com pedaços da plntas onde ela estava, colocou a terra da planta no fundo, e deixou espaço para entrada de ar, mas de forma que as lagartas não fugissem. E ficou igualzinho veja a imagem.

E elas comeram as folhas, e também as flores. Pelo que o pablo contou, elas comiam o tempo todo!

De forma que iam crescendo, a quantidade de comida precisava ser aumentada e ia ficando apertado ali para as três moradoras e haja comida! Veja o tamanho do cocô que elas faziam… Nossa!

Bom, finalmente chegou a hora de empupar, ou seja, formar sua crisálida para passsar pela metamorfose. Nesta fase as lagartas que se enterram para o processo, ficam com o geotropismo muito acentuado. Elas vivem direcionando o corpo para o chão, veja na imagem abaixo. É a natureza!

E então elas finalmente mudam de fase. Agora são uma pupa. Ali dentro da crisálida a velha lagarta esta literalmente sendo destruída para se formar um borboleta. Este é um processo que envolve muito mistério, não é?

As três lagarta “empuparam” na mesma época! Muito legal.

Nosso visitante cientista, cuidou de tudo. Arrumou um jeito da borboleta emergir e ele não perder nada!

Aí está nossa menina! Na verdade uma mariposa, aguardando a secagem das asas bem quietinha!

Aqui já mostrando suas cores. O Pablo também enviou um vídeo em que ele liberta as três borboletas. Fantástico!

Esta espécie de mariposa parece ser  Isognathus caricae da família sphingidae. A mesma família deste texto que apresentei a algum tempo no Blog, veja AQUI! Obrigada Pablo pelo carinho, perseverança e cuidado com as lagartas. Adorei!

——————————————————