Por que lagartas peludas são perigosas?

“Eu gostaria de saber porque não devo criar aquelas lagartas peludas? Como elas podem nos machucar?” Ana Rita – Comentários

É verdade Ana, criar ou tocar lagartas com pelos (verdade são cerdas e não pelos) podem ser grandes erros. No Brasil temos várias espécies borboletas e mariposas (Lepidópteros) na qual suas larvas – as lagartas – são peludas e, por isso, merecem nossa atenção. O grande problema dessas lagartas, está principalmente nas suas cerdas, que podem conter um líquido urticante que penetram na nossa pele.

As famílias de “borboletas” que mais causam acidentes com suas larvas são os MEGALOPIGÍDEOS e os SATURNÍDEOS. As espécies de megalopigídeos possuem cerdas implantadas na pele da lagarta onde tem uma bolsa cheia de substância tóxica, que, quando pressionada, impulsiona o líquido para cima, entrando em contato com a pele humana causando a lesão. Estes micro espinhos são estruturas de ponta aguda e tão sensível que ao contato com as partes descobertas do corpo, acabam liberando o líquido. A gravidade da queimadura depende de quantos espinhos tocaram na nossa pele. Nas espécies de Saturnídeos, a glândula tóxica fica na ponta dos espinhos que, ao entrar em contato com a nossa pele, acaba se quebrando e liberando o líquido. Os espinhos geralmente estão distribuídos ao longo do corpo da lagarta, ou ocultos sob pelos longos e sedosos, ou ainda ligados a tubérculos que se projetam da pele da lagarta formando vários pequenos “pinheiros” esverdeados que são chamados de “Scoli”. Essas queimaduras não são nada “simpáticas!” Podem causar hemorragia na gengiva, hematomas, urina escura indicando problemas renais e até mesmo levar a morte.

megalo

Lagarta da família Saturniidae mostrando os “pinheirinhos” tóxicos!

No Brasil a lagarta mais “famosa” quanto a queimaduras são as taturanas de nome Lonomia obliqua, que geralmente ficam aglomeradas umas as outras bem camufladas em tronco de árvores. Somente o fato de tocar um aglomerado desses já é um bom motivo para sair correndo para o hospital antes de os sintomas apareçam. Assim, na dúvida, o melhor é não arriscar e evitar ao máximo brincar com lagartas. São muitas espécies perigosas e as formas são variadas! Mas, apesar do perigo, elas são lindas demais!

puss-caterpillar

Aqui da família Megalopygidae, linda demais!

1309331008campina2

Um aglomerado de taturanas (Lonomia obliqua)… Medo! :(

taturana_obliqua6

Para não pensar que é brincadeira, veja como fica a pele depois de um ataque!