Animais

Por que maioria dos gatos odeia água?

Por que maioria dos gatos odeia água?
Esse texto foi útil para você?

“Estou adorando o Diário de Biologia. Como bióloga em formação aqui do Amazonas acho muito interessante os assuntos. Tenho uma curiosidade sobre uns bichinhos fofos: os Gatos!! Por que eles não gostam de água?” Charlene Gemaque – Amazonas

Olá Charlene. Bem, esta aversão a água pode ser culpa da evolução dos felinos. Por muitas vezes vemos vídeos e fotos na internet de gatinhos passando por situações de horror numa tentativa do dono molha-lo. Mas, é preciso saber que este medo é uma herança milenar da linhagem genética dos gatos domésticos na qual foi certamente herdada dos seus antepassados.


Os gatos domésticos fofinhos que conhecemos hoje provavelmente são descendentes de uma espécie de gatos selvagens que vivem numa região desértica ao leste do Mediterrâneo. É uma região seca, com pouca água disponível e por isso não só os gatos, mas os animais e plantas da região são adaptados para viverem com muito pouco deste recurso.

Há muito tempo (cerca de 10 mil anos), quando a agricultura e estoque de grãos iniciaram-se, os ratos começaram a frequentar os armazéns atraindo aqueles gatos selvagens de clima seco da região. A presença dos gatos acabou agradando as pessoas e então veio sua domesticação. Neste processo, a facilidade de conseguir alimento, o cuidado humano entre outras coisas, fizeram com que os gatos selvagens perdessem algumas características e mantivessem outras, o que deu origem ao gato doméstico que conhecemos. Eles deixaram de ser ariscos e violentos, no entanto mantiveram outros traços como a adaptação para caçar presas em terra e nas árvores, mas não na água. Essa característica foi herdada pelo gato doméstico, pois ele já  nasce com pouca afinidade a água.

Mesmo conhecendo a origem desse hábito dos gatos, os especialistas não sabem ao certo o que está por trás dele. Por isso, não se tem certeza de que essa aversão é, por exemplo, por medo de se afogar, sentir frio ou simplesmente exalar mau cheiro o que facilita a localização de um possível predador. Na verdade, se um gatinho desde pequeno for acostumado ao banho, é possível que o ato seja apreciado e pode até mesmo causar prazer ao bichano. A evolução nunca pára e é bem possível que depois de alguns milhares de anos, os gatos domésticos percam de vez a aversão pela água. Enquanto isso, eles podem se limpar muito bem com os caprichosos banhos de língua.

17

Os gatos domésticos herdaram dos seus antepassados a pouca afinidade com a água!

17-(1)

De tanto “medo”, os gatos criam asas!

20090605-351-onca_maior

A “fuga do banho” não é uma regra entre os felinos. Há casos como o da onça pintada, que nada muito bem e faz isso frequentemente para caçar animais aquáticos!

—————————————


Comentários

Novidades

Topo