As baratas podem mesmo viver sem cabeça?


“Já vi várias pessoas falando que as baratas podem viver sem cabeça. É difícil imaginar isso, pois como seria viver sem cérebro, respiração, etc. Isso é verdade mesmo ou é mito?” Alex Wagner – Feira de Santana/BA

Realmente é difícil imaginar isso, não é Alex? Mas é a mais pura verdade! O que acontece é que sempre tentamos nos comparar com os animais, e no caso dos insetos as diferenças fisiológicas são muito grandes. Seres humanos possuem um sistema nervoso complicado, com toda fisiologia dependente das “ordens” do cérebro, sangue quente, entre outros.

As baratas (e alguns outros insetos) podem viver alguns dias sem cabeça.  Isto não é difícil de entender! Baratas possuem um sistema circulatório aberto (o sangue flui entre as cavidades, não possuem veias e capilares como nós), por causa disso, possuem uma pressão sanguínea muito fraca, assim, quando decapitada não sai jorrando sangue até morrer, a abertura deixada pela cabeça simplesmente coagula e resolve este problema.


Elas não tem nariz, respiram através de espiráculos (pequenos buracos) em cada segmento do corpo, o cérebro não controla sua respiração e o sangue não transportam oxigênio pelo corpo, ou seja, sem cabeça, ela respira normalmente. As baratas, assim como todos os outros insetos,  tem sangue frio, isso permite que ela queime pouca energia e por isso necessite de muito menos alimento, podem sobreviver algum tempo com a refeição de um dia. Pra quê boca, né?

E por fim, o coração é um vaso estendido ao longo do dorso do bicho e o sistema nervoso fica espalhado pelo abdome. Dá pra entender porque ela consegue sobreviver por tanto tempo sem cabeça: os órgãos vitais não estão na cabeça. Ela só morre quando as reservas alimentares cessam, se for devoradas por predadores ou atacada por fungos e bactérias. Normalmente quando perdem a cabeça, elas ficam em algum cantinho esperando calmamente a morte buscá-la e ao contrário do que as pessoas pensam, elas não saem loucas sem cabeça batendo nas coisas e subindo nas nossas pernas!

cockroach
As baratas podem viver sem cabeça porque seus órgãos vitais não estão lá!


Atenção: O material neste site é fornecido apenas para fins educacionais, e não deve ser usado para conselhos médicos, diagnósticos ou tratamentos. 


Bióloga - CRBio/RJ 96514/02-D. Fundadora e administradora do Diário de Biologia. Possui graduação em Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas. Doutorado (2013) e Mestrado (2009) em Zoologia pelo Museu Nacional/UFRJ, especialista em insetos, autora do livro "O Mundo Secreto dos Insetos" - Cortez Editora. Experiência com palestras nacionais e internacionais. É autora ou coautora de artigos científicos publicados em revistas científicas, livros e capítulos de livro, e comunicações em eventos nacionais e internacionais. Colaboradora em revistas de divulgação científica para crianças (Ciência Hoje Para Crianças e Revista Recreio). Interessada em cultivo de plantas carnívoras. Atualmente mora na França, mas seu coração é brasileiro. Instagram: @karlla_diariodebiologia.