Animais

Você vai ficar surpreso quando descobrir por que as pérolas se formam dentro das ostras!

É incrível como a natureza nos envolve com sua beleza e perfeição. A formação das pérolas verdadeiras envolve proteção, dor e um pouco de magia da mãe natureza.

As pérolas são produzidas através de um processo muito natural. Como muitos já sabem, são resultado de um demorado trabalho das ostras. As ostras são moluscos bivalves, que recebem esse nome por apresentarem um par de conchas. Essas conchas são formadas por nácar (uma mistura orgânica de camadas de conchiolina, calcite e carbonato de cálcio cristalizado) que é secretado por células ectodérmicas do molusco. Bom, a função desse nácar não é ficar produzindo pérolas por aí e sim se depositar interior da concha do animal proporcionando um meio para alisar a própria concha, como se isso reasultasse em mais conforto. Já repararam como uma concha é sempre lisinha por dentro?

Pois bem, mas esse nácar (conhecido como madrepérola) também serve como mecanismo de defesa contra organismos parasitas e dejetos prejudiciais. Quando um molusco é invadido por um parasita ou é incomodado por um objeto estranho (um grão de areia, por exemplo), e isso causa dor e irritação no tegumento do animal, entra em ação um processo que chamamos de enquistação. Neste processo, como forma de proteção desta irritação, a ostra começa a cobrir aquele grãozinho de areia com nácar. Com o passar do tempo são sendo depositadas muitas e muitas camadas de nácar, o que acaba por ocasionar a formação de uma pérola. A qualidade e espessura destas camadas microcópias de nácar são importantes fatores que determinam o brilho de uma pérola.




Pérolas são produtos da dor, resultados da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra , como um parasita ou um grão de areia. Pérolas são feridas curadas

8474335502_9d6bbf27e3_z

suzhou-silk-2-pearls-in-a-pearl-oyster

Oyster



.

———————————————–

16 comentários

16 Comments

  1. Wanda

    em

    Karllinda, arrasou com a poesia da última frase, hein?
    Maravilhoso!
    bjs

  2. Viu Wanda, mandei bem né?

  3. thomston

    em

    anotei essa frase…… muito interessante! queria que as minhas feridas fossem lindas assim.. mas essa perola pode inteferir no organismo do animal?

  4. Maria Angélica

    em

    Mas tem tb as pérolas cultivadas. As ostras sofrem um processo de “infecção” ou “infestação” proposital pra formarem as pérolas ?
    E qto à pérola “barroca”, que deu origem ao nome de uma corrente da arte ? E as pérolas escuras ? Têm algo diferente no processo de formação?
    Ai, te enchi de pergunta né ? Sorry, adoro isso tudo !

  5. THomston: BOA PERGUNTA. Sabe que eu não sei! Agora vou pesquisar, pq fiquei curiosa… Mas duvido que essas “cicatrizes” atrapalhem a vida das ostras, até pq, as pérolas são formadas para evitar problemas ne?

  6. ANGEL (olha a intimidade!) As pérolas cultivadas são realmente isso que vc disse: Os cientistas inserem alguma coisa no organismo da ostra para que o sistema imunológico dela se encarregue de formar a pérola. As pérolas negras, se não me engano, só são produzidas por uma espécie de ostra… Bjss, adoro suas perguntas!

  7. Vitória

    em

    Nossa, tadinha da ostra 🙁

  8. DEUS - Vote 'numa' mulher ativista e revolucione a política! Com o vice Roberto Leal Dono da Natura.

    em

    Então vem um homo sapiens sapiens, rouba a pérola, mata e ainda come a ostra.

  9. Rodrigo Alcassa

    em

    Qualquer tipo de ostra pode fazer uma pérola ???

  10. Isaac

    em

    Se quando a gente se machucasse, as cicatrizes ficassem bonitas assim.. Seria ótimo! rs’

  11. Carol

    em

    eeu achei esse site maravilhoso, interessantíssimo e fantastico. é muito conhecimento. (:

  12. maria eduarda

    em

    este site me ajudou em uma questão de prova e fez tirar de10 na prova de ciências e biologia.muito legal adorei este site.muito obrigada por publicá-lo no google.bjsssssssss, estarei sempre entrando em contato por meio do site;qualquer tipo de ostra pode fazer uma pérola??????vc por favor poderia responder as perguntas

  13. Ual, adorei! é esse tipo de linguagem simples que deveriam ter nos livros didáticos, muito bom! Estou surpresa e maravilhada ao mesmo tempo, como que na dor pode sair uma preciosidade dessas? *-*

    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    • Ruan

      em

      Concordo plenamente, se os professores e os alunos falassem a mesma linguagem, uma boa parte do problema da educação estaria resolvida…

  14. Joseanne

    em

    quanto tempo demora pra um grão de areia, ou algo que “irrite” a ostra se tornar uma pérola?

  15. L. F.C

    em

    Bem, ótima matéria, porém com um pequeno erro; os moluscos bivalves não recebem esse nome por causa da sua concha, e sim por possuírem duas valvas que auxiliam na alimentação e respiração destes animais, são as valvas por onde há fluxo (ou bombeamento) de água.

    Espero ter ajudado para o aperfeiçoamento desta matéria!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo