Curiosidades

Explicação evolutiva e fisiológica explicam porque os dedos enrugam quando ficamos muito tempo na água

“.. Sempre que vou a piscina ou demoro muito no banho a ponta dos meus dedos ficam enrugados. Isso me dá nervoso, e me faz sair da água logo. Por que isso acontece?” Luciano A

Luciano, não existe motivo para ficar assustado com essa reação do seu organismo. O fato de a pele enrugar não significa que existe algum problema. A pele é o maior órgão do corpo humano e não é menos importante do que todos os outros, pois é a primeira via de contato do corpo com o meio externo e uma de suas funções é a proteção contra agentes agressores como as bactérias. É um órgão muitíssimo ativo que passa por uma renovação constante.


A pele é formada por 3 camadas diferentes (epiderme, derme e hipoderme). Na epiderme (a camada mais externa), dentre outras estruturas, está presente a queratina, uma proteína também encontrada nos anexos dérmicos como as unhas e cabelos. Ela é responsável pela proteção contra a desidratação da nossa pele.

Ao contrário do que outras áreas do corpo, a pele das palmas da mão e plantas dos pés são diferenciadas, isso porque estas partes do corpo executam tarefas constantes (como caminhar, pegar coisas). Assim, nesta região a epiderme é muito mais espessa do que o resto do corpo, essa espessura extra  é causada pela queratina que forma uma espécie de camada de células mortas na pele. Por causa disso, quando você mergulha na água, a maioria de sua pele parece normal, enquanto suas mãos e pés acabam parecendo ameixa enrugada. A queratina contida nas células mortas presentes ali absorvem água. Como as camadas da pele não alteram, a derme (camada intermediária) permanece no seu estado normal e a epiderme contendo a queratina encharcada com a água é impedida de se esticar para armazenar o volume de água absorvido, então esta se enruga para aumentar a área e conseguir comportar a água.

dedos-enrugados

Felizmente após sair da água, a queratina começa a perder a água e volta a sua forma original, ou seja, livre daquelas rugas estranhas.  Essa reação na ponta dos dedos é variável e muda de acordo com a pessoa.

Culpa da evolução

Um estudo recente, no entanto, mostrou que o enrugamento dos dedos na água são muito mais do que o encharcamento da queratina. Segundo  os cientistas as rugas são um sinal de vasoconstrição como resposta à água, o que, por sua vez, é uma reação controlada pelo sistema nervoso. Isso indica que existe uma função para tal reação que provavelmente é uma vantagem adquirida pelo ser humano durante sua evolução ao longo de milhares de anos. E a evolução não teria selecionado essa resposta se ela não nos conferisse algum tipo de vantagem. para nossos ancestrais, ter dedos que agarram melhor objetos úmidos certamente teria sido uma vantagem na busca por alimentos em lagos e rios.

Fontes: scientificamerican/  todayifoundout
Comentários

Novidades

Topo
error: Sinto muito! Conteúdo protegido.