Animais

Um percevejo realiza estupro perfurante homossexual

Imagine um macho tão “possessivo” que simplesmente lacra a abertura genital da fêmea para evitar que ela copule com outros machos? E então o macho tem tanto mêdo do “Ricardão” que injeta seu esperma em outros machos para garantir que se o “Ricardão” conseguir copular com a fêmea, eles estejam transferindo para ela seus genes e de ninguém mais. Parece mentira, não é?

O mundo animal nos surpreende! As espécie de percevejo da família Cimicidae possui um hábito reprodutivo um tanto estranho: após a cópula os machos isolam a abertura genital das fêmeas. E ele não faz isso por fazer, esse ato garante uma diferente vantagem evolutiva, uma vez que impede que outros machos possam acasalar com ela. No entanto, quando algum macho encontra uma fêmea que já copulou e por isso está com a abertura “lacrada” pelo primeiro, eles não hesitam em encontrar um caminho pouco usual para consumar o ato. Eles injetam o esperma nessa fêmea perfurando seu abdome contornando assim o “selo” colocado pelo primeiro macho. Isso é assustador…

Porém, uma espécie em especial (Xylocaris maculipennis) encontrou uma forma bastante “homossexual” de contornar o assédio dos demais machos na fêmea que já foi fertilizada. Sabendo que a fêmea poderá ser atacada por um outro macho que injetará esperma perfurando seu abdome, ele perfura e insemina outros machos forçadamente, de modo a que seus genes sejam carregados para as fêmeas quando o macho devidamente “estuprado” acasalar com elas. Ou seja, de qualquer forma, o macho ciumento “insemina por procuração”. Imagina se isso vira moda?




bedbugsex

Olha aí um macho contornando a “rolha” da fêmea e injetando o esperma pelo abdome! 



9 comentários

9 Comments

  1. André F. G. Gabriel

    em

    k nojo! mas verdadeiro…

    a natureza nunka para de nos surpreender! :love: 😀 😆 :love:

  2. Aline Bins

    em

    Que coisa heim, pobres das fêmeas dessa espécie. Elas tem que se organizar e fazer uma revolução nessa fase reprodutiva aí. rsrsrsrsrs
    Tão bagunçando com o corpinho delas, tadinhas.

  3. Andréa Isaias

    em

    😀 Sou estudante de Medicina Veterinária e adorei as suas reportagens são muito bacanas, vc está de parabens…pela criatividade… 🙂

  4. Anônimo

    em

    Que Viadagem :whistle:

  5. Bem estranho e nojentinho, mas a natureza é incrível.

  6. thomston

    em

    os hemipteras tem cada uma!!!!

  7. Giovanna

    em

    Nossa q estranho :sick: ;-( :alien:

  8. Hugo

    em

    Shuahsuahsua!!!
    INcrivel mesmo!!!
    Até o fim com a manutenção das características!
    Ela me traiu mais o filho ainda é meu
    shuahsuhasuas

  9. Vinícius Leão

    em

    Realmente a estratégia do tampão copulatório é sensacional.
    E bem machista kkkkkkkk

    É o cinto de castidade dos tempos modernos hehehe

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo