Quanto tempo conseguimos sobreviver sem água?

“Estudo Educação Física. Em um debate na faculdade sobre desidratação, vários colegas levantaram a questão sobre quanto tempo o corpo humano sobreviveria sem água. A discussão se estendeu, mas não chegamos a nenhuma resposta. Eu pergunto: Quanto tempo sobreviveríamos sem água? Quais os efeitos da falta dela?  NEIDE ALBERTINA

Bem Neide, sabemos que a água compõe (em peso) cerca de dois terços do corpo humano. Ela imprescindível para o bom funcionamento da circulação, respiração, converter os alimentos em energia e outros processos corporais. Perdemos água através do suor, urina, fezes e até mesmo a respiração. Esta água deve ser reabastecida para que os nossos órgãos de continuar a funcionar corretamente. No forte calor, um adulto pode perder até 1,5 litros de água através somente através do suor.

Estudos tem demonstrado que, se o corpo perder apenas 2,5% do seu peso em água, pode perder 25% de sua eficiência. Isso significa que: um homem de 80 kilos, provavelmente já desenvolverá problemas caso perca 2 litros da água corporal. Essa “pequena” desidratação pode engrossar o sangue, isso faz o coração trabalhar mais e circulação ser menos eficiente, prejudicando a oxigenação do corpo. Isso é um sinal de alerta!

Mas, quanto tempo o corpo humano aguenta sem água? Bem, supondo que se trata de alguém em boa forma, com o funcionamento normal de todos os seus órgãos e em condições normais (sem muito frio ou calor), um ser humano pode viver por cerca de 3 a 5 dias sem água. Mas, é claro que a degradação dos sentidos (olfato, visão, paladar, tato) e a queda nos sistemas do corpo (respiratório, circulatório etc) são obviamente graduais.

Uma desidratação leve (1º dia) engrossa a saliva, perde a frequência urinária e resulta numa urina com cor e odor fortes. Na desidratação moderada (do 2º ao 3º dia), a urina quase cessa – Claro, o corpo precisa economizar água – a boca, a mucosa do nariz ficam secas e pode gerar rachaduras, olhos fundos e sem lubrificação e batimentos cardíacos acelerados. A desidratação severa (do 3º dia em diante), a urina definitivamente cessa, perda temporária ou completa da sensibilidade e dos movimentos, cansaço devido a baixa oxigenação dos sistemas, vômito, diarreia. Até o 5º dia (dependendo da pessoa) há um estado de choque. A pele fica em tons azulados e muito fria, consequência da perda de pressão sanguínea. A partir dessa fase, o fim da vida é questão de tempo.

thirsty-man-in-desert

O Corpo Humano saudável não aguenta mais que 5 dias sem água antes de entrar em choque!

——————————————

FONTE: SURVIVALKIT, HowStuffWorks