É verdade que o João de barro é vingativo e ciumento com a parceira?

Quem nunca se encantou com aquelas casinhas do João de Barro? Esse pássaro habilidoso possui diversas peculiaridades. Os casais constroem juntos sua morada durante duas semanas, onde vivem por cerca de um ano, tempo o bastante para pelo menos 4 ninhadas.

Na cosntrução da casa, utilizam barro úmido, misturado a esterco e palha. O casal chega a fazer centenas de viagens no transporte do material. O ninho (casinha) tem formato esférico e normalmente 30 centímetros de diâmetro. As paredes tem 5 centímetros de espessura e exigem grande esforço do casal: eles amassam as porções de barro com os bicos e os pés, criando uma massa homogenea e pegajosa que ajuda na construção.

É um arquiteto perfeito. O ninho tem dois cômodos, com uma porta que dá acesso ao primeiro, que é feita na medida para que a ave entre sem precisar se abaixar. O cômodo mais interno, geralmente é forrado com penas, pelos e musgo, serve para a postura de ovos e acomodação dos filhotes. A porta de entrada é sempre estrategicamente posicionada na direção contrária à chuva e ao vento.

Mesmo sendo um arquiteto muito habilidoso, as histórias que cercam esta ave não é muito amigável. Dizem que o macho é extremamente ciumento e vingativo. Os machos amam para a vida toda, mas as fêmeas são “vulneráveis” e se encantam facilmente por outros machos. Se ele desconfia que está sendo traído, toma uma atitude radical: prende a companheira no ninho, tapando a porta, e deixa a coitada morrer lá dentro em uma atitude vingativa e ciumenta. Embora esse comportamento nunca tenha sido cientificamente comprovado, essa má fama corre o mundo!

AC215811C0F54E8786E10BCBCF932258

1_joaodebarro

2505682

O casal constrói a casinha com muito esforço e dedicação!