Por que as pessoas ruivas tem sardas pelo corpo?

As pessoas ruivas possuem uma mutação genética nos cromossomos que formam o par 16. Essa mutação altera a produção de dois pigmentos: a feomelanina, de cor avermelhada ou amarelada, e a eumelanina, de tonalidade acastanhada ou preta . Esses pigmentos são os responsáveis pela coloração de nossos cabelos e pêlos, tornando-os mais avermelhados.

O resultado dessa mutação é o surgimento de sardas, que nada mais são do que manchas causadas pelo aumento de concentração de melanina em certas partes do corpo. Mas mesmo quem não carrega essa herança genética pode ter sardas. Nesse caso, as pintinhas são uma resposta da pele à agressão do sol. A pele se torna pigmentada com a esperança de bloquear a penetração dos raios solares.

A bioquímica dos cabelos ruivos, anomalia conhecida como rutilismo, só foi desvendada no final do século passado. Alguns pesquisadores acreditam que os primeiros ruivos surgiram na Terra há cerca de 50 mil anos, na África.

As estimativas sobre o número de ruivos autênticos na população mundial não são muito precisas, mas acredita-se que os portadores de cabelos vermelhos sejam de 1 a 4% do total (de 60 milhões a 240 milhões de pessoas). Os cabelos vermelhos, não são exclusividade da espécie humana. Cabras, esquilos e orangotangos também podem ter pêlos ruivos.

tumblr_mk897rJi821rwwtido1_500

Pessoas ruivas possuem uma mutação genética. E como “efeito colateral” surgem as pintinhas pelo corpo!

———————————————————-