Curiosidades

Quais são os efeitos da altitude no nosso corpo?

É incrível como nosso corpo sofre com uma mudança na altitude. O corpo já começa a sentir os efeitos logo aos 3 mil metros, onde o organismo começa a reagir a falta de oxigênio. Aos 5 mil metros, é como se estivéssemos com uma ressaca daquelas! Daí em diante existe risco de desidratação, pois a umidade e pressão do ambiente são muito baixas, fica difícil respirar até com máscara. Aos 7 mil metros já é conhecida como “zona da morte”, onde o corpo humano por mais aquecido que esteja acaba morrendo aos poucos.




PULMÕES: Quanto maior a altitude menos denso o ar e menor a quantidade de oxigênio. O ritmo com que buscamos ar, aumenta e mais gás carbônico é eliminado. Isso altera a acidez no sangue.
SANGUE: A frequência cardíaca aumenta e mais hemácias (que transportam o oxigênio) são produzidas e vão para o sangue. Por consequência disso, ele fica mais espesso.
TECIDOS: As áreas que mais sofrem são pés, mãos dedos e nariz. O frio e a falta de oxigênio podem matar esse tecidos e, em alguns casos, é preciso amputá-los.
OLHOS: A claridade é muito maior lá encima, ela agride os olhos e pode provocar fadiga ocular ou até cegueira momentânea. Ficar sem óculos de sol, nem pensar.



CÉREBRO: O aumento da circulação sanguínea faz com que ele inche. Sem ter para onde expandir, ele fica comprimido no crânio, o que causa fortes dores de cabeça. A falta de oxigênio pode causar até alucinações.
PALADAR: A perda de líquidos desequilibra os sais do corpo, como o cloreto de sódio, e o paladar fica insensível. Um alpinista pode perder o apetite e ter sintomas parecidos com anorexia.
EDEMAS: A pressão atmosférica mais baixa pode causar edemas pulmonares, cerebrais e oculares. Os vasos se rompem e os órgãos começam a acumular líquidos.

altitude



5 comentários

5 Comments

  1. super esclarecedor!
    parabéns foi feito um ótimo trabalho.

  2. raianne

    em

    Muitu Massa…
    mas tenhO uma curiosidade.
    Quando agente esta dormindo agente as vezes damos uns tremiliques e alguns sustos…
    por que será?

  3. Juliana

    em

    Também tenho a mesma dúvida da Raiane, pois tenho um monte de tremiliques ao dormir…
    Bjokas

  4. Margaret Teixeira

    em

    Fui a Cuzco, onde a altitude fica entre os 3.500 m e me senti mal lá,mas tomei um remédio “Sorojchi Pillis” que me ajudou a sentir menos o mal estar. Mas já voltei ao Brasil, faz uns 20 dias, e não sei o que houve comigo, pois me sinto mais fraca, com menos capacidade pra fazer exercícios, com os quais eu já estava acostumada, etc, etc. Será que isso pode estar relacionado ainda com a variação da altitude?

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo